Notícias

home>notícia

As 10 principais estratégias de segurança

As 10 principais estratégias de segurança




Simplifique suas medidas de segurança com estas 10 dicas.

Você é fã de códigos maliciosos, spam e phishing? E de listas enormes e complexas com etapas e precauções que você nunca vai ler, muito menos seguir? Se a sua resposta foi não para as duas perguntas acima, examine estas dez estratégias básicas para manter os perigos fora do seu computador doméstico ou de trabalho.

1. Tome cuidado com e-mails suspeitos. Você pode pensar que um e-mail é inofensivo, até abri-lo e descobrir que não é. Verifique e-mails antes de abri-los e tome ainda mais cuidado quando iniciar arquivos executáveis (.exe) anexados a um e-mail. Não abra esses e-mails. Nunca abra arquivos em e-mails enviados por remetentes desconhecidos e nunca responda a spam (a menos que considere algumas palavras murmuradas como respostas).

2. Fique atento aos seus vizinhos com relação à sua rede. Se você tiver vários computadores conectados em casa ou no escritório, fique de olho nos seus vizinhos. Verifique se nenhum estranho está vagando por perto ou causando problemas. Caso encontre alguém, peça que saia, limpe a bagunça que ele tenha deixado para trás e aumente a segurança da sua rede. Todos os computadores conectados e o tráfego de entrada e saída devem ser monitorados em busca de sinais de entradas não autorizadas e atividades maliciosas, garantindo que todos os computadores infectados sejam removidos da sua rede e desinfetados o mais rápido possível.

3. Aplique patches. Faça upgrade. Repita. Proteja-se obtendo as mais recentes atualizações e patches para software de segurança e sistemas operacionais agora mesmo. Faça também o upgrade para as versões mais recentes, assim que elas se tornarem disponíveis.

4. Criptografe imediatamente. Se você guarda dados confidenciais no seu PC, como a maioria das pessoas, criptografe-os.

5. Aplique camadas à segurança. Da mesma forma que as camadas de roupas o protegem do frio, as camadas de segurança protegem melhor seu PC contra os inimigos do espaço cibernético. Use software antivírus e firewalls e mantenha todos os seus programas de segurança atualizados. As definições de antivírus devem ser atualizadas regularmente. Além disso, ative as configurações de segurança nos navegadores da Web e desative o compartilhamento de arquivos.

6. Faça backup dos seus dados. Se você tem dados importantes, faça o backup deles. Ponto final. Existem muitas maneiras de perder informações: erro humano, falha de hardware, tempestades, bruxarias... a lista é infinita. Perder dados por esses motivos é tão ruim como perdê-los para malware.

7. Reforce seus pontos fracos. Quais são suas vulnerabilidades? Não possui firewall? Seu software é muito antigo? Falta de sorte geral? Analise quais são os pontos fracos na segurança do seu computador e resolva o problema... ou problemas.

8. Leve suas senhas para a academia de ginástica. Quanto mais forte forem suas senhas, mais chance você terá de afastar os intrusos que estiverem procurando brechas que possam ser exploradas. As senhas devem ter no mínimo oito caracteres e devem combinar caracteres alfanuméricos e especiais ($, *, &, etc.). Altere suas senhas a cada 45 ou 60 dias.

9. Aconteça o que acontecer, não deixe porta aberta para o spam. Quando o assunto é malware, spam é normalmente o começo de tudo. O spam não somente consome seu precioso tempo, como também utiliza largura de banda e espaço de armazenamento. Relate o spam sempre que puder e use software antispam sempre que possível.

10. Segurança física é importante. É verdade que a maioria das ameaças à segurança do PC é virtual, mas os problemas também podem começar no mundo real. Se seu computador estiver aberto a intrusos, tente um recurso de travamento da tela ou desligue o sistema. Se você usa um laptop, tranque-o com um cadeado apropriado. E nunca deixe suas senhas escritas em locais onde outras pessoas possam encontrá-las. Há inúmeros procedimentos de rotina que os usuários podem adotar para aumentar a segurança. Eles incluem: o uso do recurso de travamento da tela quando você não está no computador, desligar seu computador ao terminar o trabalho do dia, usar cadeados para laptops, não deixar senhas escritas e tomar cuidados especiais com a segurança física de PDAs e dispositivos handheld, que são alvos muito comuns dos ladrões.