Notícias

home>notícia

2007 tem recorde de vazamentos de dados pessoais

O número de vazamentos de dados conhecidos publicamente só nos EUA cresceu mais de 40% em 2007 em comparação ao ano anterior. A péssima notícia veio de estatísticas compiladas pelo ITRC (Centro de Recursos contra o Roubo de Identidades).

O ITRC afirmou que houveram 443 brechas publicas no último ano, contra 315 em 2006. Cerca de 127 milhões de dados pessoais foram expostos ilegalmente em 2007, contra 20 milhões no ano anterior. Para piorar, o relatório cobre as atividades só até 24 de Dezembro e na última semana do ano houve mais casos relacionados, como o roubo de laptops com informações de eleitores no estado norte-americano do Tenessee.

O aumento no número de brechas públicas não reflete necessariamente o aumento nos dados efetivamente roubados, já que muitos problemas não são reportados publicamente. O ano de 2007 também foi atípico neste departamento pois o grande vazamento de dados da T.J. Maxx foi responsável por mais de 70% de todos os registros disponibilizados para hackers.

Mas uma conclusão pode ser tirada: os custos relacionados com o roubo de dados estão em alta. O instituto Ponemon concluiu em Novembro que uma empresa gasta US$ 197 em média com cada consumidor prejudicado, contra US$ 182 em 2006.