Notícias

home>notícia

Imã permite que deficientes conduzam computador com a língua

Um imã do tamanho de um grão de arroz, criado por uma equipe do Instituto Tecnológico da Geórgia, permite que pessoas com sérios danos na coluna controlem um computador com a ponta da língua ou até mesmo movimentem uma cadeira de roda.

Implantado sob a língua, o dispositivo é dotado de sensores magnéticos que percebem os movimentos da mesma e transmite sinais wireless ao PC. Os criadores do objeto dizem ser possível programar o computador a partir de um grupo de movimentos muito amplos da língua, devidamente adaptado a cada usuário e que o sistema poderia reconhecer, por exemplo, um comando a partir do toque da língua em um dos dentes e assim por diante.
De acordo com Maysam Ghovanloo, um dos envolvidos no projeto, a língua foi escolhida “por estar diretamente conectada ao nervo craniano que costuma sair ileso quando a espinha dorsal sofre sérias lesões”.  Ainda em estágio experimental, tal dispositivo não tem data para chegar ao grande público.